2 de abr de 2010

Hélio Oiticica - Antiarte por exelência

Pintor, escultor, artista plástico e performático, de aspirações anarquistas, Hélio Oitiica é considerado, por muitos, o artista mais revolucionário de seu tempo. Sua obra mais polêmica é o "Parangolé" , uma espécie de capa , tenda ou bandeira, que só mostra plenamente seus tons, cores, formas, textura e grafismo e o material que foi executado (tecido, borracha, tinta, papel), à partir dos movimentos de algúem que o vista. Por isso foi considerada escultura móvel (antiarte por exelência). Foi expulso de uma mostra no MAM do Rio por levar integrantes da Mangueira  vestidos de Parangolés. A experiência no morro fazia parte da dimensão que sua obra queria atingir.
Foi a obra "Penetrável Tropicália" que influênciou o grupo musical de Caetano Veloso Gilberto Gil Gal Costa e Betânia a adotarem o nome "Tropicália" na década de 60.
Dizia que suas obras eram " A primeiríssima tentativa consciênte de impor uma imagem brasileira ao contexto da vanguarda".
Tem como p´re-requisito a incursão do visitante, ou seja, os ambientes coloridos só funcionam com a presença do espectador.

Nenhum comentário: