22 de jul de 2010

Arquivo Folha de São Paulo - Texto de 1959

Achei uma raridade de edições antigas da Folha Ilustrada, caderno do Jornal Folha de São Paulo. Foi um brinde do Jornal, oferecido aos assinantes, isso aconteceu na década de noventa. Olhando coisas antigas achei este caderno e resolvi colocar algumas publicações interessantes. O arquivo das edições é de 1960 a 1990. Muita história. Esta é divertida. 

Atiraram-se do ônibus ao verem caixão abrir-se

ROMA, junho - Dois jovens atiraram-se da capota de um ônibus em movimento ao verem erguer-se a tampa de um ataúde que o veículo, procedente de Roma transportava  à uma localidade próxima. 
O ônibus estava super lotado e em uma das paradas um operário, não havendo outro lugar, subiu à capota e sentou-se ao lado do caixão. Mas uma chuva repentina obrigou-o a procurar abrigo e ele não teve outro recurso senão entrar no caixão e baixar a tampa. Aí começou a história.
Na parada seguinte subiram dois jovens. Estes, também não havendo outra alternativa por falta de lugar no interior do ônibus, tomaram lugar na capota...perto do caixão.
Minutos depois, passada a chuva, o operário ergueu a tampa do ataúde para sair. Os dois jovens, ignorando o que se passava, aterrorizados, atiraram-se do ônibus, em pleno movimento. 
Ambos foram recolhidos ao Hospital Civil de Labano. (ANSA)

Texto transcrito do Jornal Folha de São Paulo 
Sexta-Feira, 19 de Junho de 1959

2 comentários:

carolina disse...

Que história mais loucaaa essa, adorei hahahaha Aninha, já sou sua seguidora.
beijosss

Ana Paula disse...

Beijos amor. Também te sigo.